06
Dez 13

 

Para mim, Bruno de Carvalho está a fazer um enorme trabalho no Sporting, mas de vez em quando exagera no seu discurso, tornando-se por vezes cómico................................................"É importante os nossos adversários começarem a dar mais um bocado de luta".



publicado por aguiavitoria às 13:43

23
Abr 13

 

Num derby onde os pontos tinham uma importância diferente para as duas equipas, o glorioso procurava segurar a sua vantagem de quatro pontos no primeiro lugar enquanto os leões queriam colar-se aos lugares europeus, o Benfica acabou por ser mais feliz conquistando os três pontos numa vitoria por duas bolas a zero.

 

 

Não se pense que a conquista dos três pontos foram fáceis, bem pelo contrário, o Sporting deu uma excelente réplica, demonstrando que possui nos seus quadros alguns excelentes jovens jogadores.

Aos seis minutos num conta-ataque perigoso, Wolfswinkel ultrapassa Garay em velocidade, contudo ao chegar à pequena área atrapalha-se com a bola perdendo dessa forma uma excelente oportunidade de inaugurar o marcador.

O glorioso mostrou-se algo surpreendido pela entrada do Sporting, contudo o benfica é uma equipa madura que faz bem a gestão do tempo e do esforço, e quando desenhou uma jogada ao seu melhor estilo, marcou.

Minuto 36, Gaitán avançou pelo seu flanco faz o cruzamento para Salvio que aparece na pequena área, rematando sem quaisquer hipóteses para Rui Patrício.

 

 

Após o golo, o Sporting desorientou-se e o glorioso assentou o seu jogo.

No segundo tempo, o Sporting empregou a mesma dinâmica dos primeiros minutos, contudo o caminho para a baliza encarnada não era fácil de alcançar e somente por uma ocasião Artur teve que se aplicar, desviando a bola para canto.

 

 

JJ ao trocar Cardozo por Ola John toma a decisão certa no momento certo, recuperando o dominio do encontro.

Aos 75 minutos o momento mágico do encontro, Gaitán dá um nó cego a dois jogadores sportinguistas, tabela com Salvio, efectuando um passe em vólei para Lima que num remate espetacular à meia volta faz o 2-0.

 

 

Após o 2-0, o Benfica acabou por gerir uma vantagem relativamente confortável, poupado-se um pouco para os próximos encontros.

 

 

O Benfica festejou mais uma prova superada, com um sabor especial, mas os três pontos eram mesmo o prémio mais apetecido.

Para o glorioso, um empate era o mesmo que uma derrota. Para o título ainda faltam mais quatro finais, uma delas no Dragão.

 

 

O título está cada vez mais perto, contudo à que ter muito cuidado com a deslocação à Madeira, pois a pressão durante esta semana vai ser imensa...

 


publicado por aguiavitoria às 16:20
tags:

14
Dez 12

 

Liga Zon-Sagres - 11ª jornada 
Estádio José Alvalade 

Árbitro: Marco Ferreira

Sporting (Titulares): Rui Patrício, Insúa, Rojo, Boulahrouz, Dier, Elias (Xandão 83m), Rinaudo, Pranjic, Capel (Izmailov 87m), Van Wolfswinkel e Carrillo (Viola 69m).


Sporting (Suplentes): Marcelo Boeck, Xandão, Cédric, Labyad, G.Fernandes, Izmailov e Viola.

 

S.L.Benfica (Titulares): Artur Moraes, Maxi Pereira, Jardel, Garay, Melgarejo, Matic, André Gomes, Salvio (André Almeida 87m), Ola John (Gaitán 81m), Lima e Cardozo (Rodrigo 90m).

 

S.L.Benfica (Suplentes): Paulo Lopes, Sidnei, Bruno César, Nolito, Gaitán, André Almeida e Rodrigo.

Cartões Amarelos: 3 (Sporting) Carrillo 69m, Rinaudo 7

m e Rojo 88m.

                               2 (S.L.Benfica) Maxi Pereira 20m e Matic 45m.


Resultado final: 1-3.   1-0 por Van Wolfswinkel 31m, 1-1 por Óscar Cardozo 57m, 1-2 por Óscar Cardozo 81m e 1-3 por Óscar Cardozo 86m.

 

 

 

O S.L.Benfica derrotou o Sporting, por 3-1, saindo de Alvalade na liderança da Liga.

O Sporting até chegou ao intervalo a vencer, com um golo de Van Wolfswinkel, mas na segunda parte o glorioso superiorizou-se em todos os capítulos ao Sporting.

Nos primeiros 45 minutos, o Sporting jogou bastante bem, mas o jogo só "durou" mesmo 45 minutos para os leões, que não deram continuidade ao bom trabalho no primeiro tempo, que teve no bom golo de Van Wolfswinkel, um pouco a meias com Garay (30'), o ponto alto.

 

 

Ao minuto 58, após cruzamento de Ola John, Marcos Rojo desviou a bola para a própria baliza, depois de um primeiro toque e pressão de Óscar Cardozo.

Nesta altura o dominio do S.L.Benfica era avassalador.

 

 

A partir daqui, só deu Benfica perante um adversário que estava de rastos e onde Vercauteren tardou em mexer.

Foi no minuto 80 que tudo ficou sentenciado: penálti para o Benfica, expulsão para Boulahrouz e reviravolta encarnada,  Boulahrouz fez de guarda-redes, ao tirar um golo a Salvio com a mão, e acabou expulso.

 

 

Na conversão do castigo máximo, Óscar Cardozo fez o quinto golo de penálti esta época.

 

 

O minuto 86 trouxe, simplesmente, a "machadada" final no marcador, com um cabeceamento fulminante de Cardozo, sob o olhar de uma defesa leonina que só parecia esperar pelo final do jogo. Foi o nono golo de Cardozo diante dos leões, o segundo melhor marcador em dérbis desde a segunda metade dos anos 80, apenas superado por Liedson (11).

Vitória justissima da melhor equipa no relvado.

 

 

Jorge Jesus entra para a história dos clássicos, ao tornar-se no treinador português que mais vezes venceu o Sporting pelo Benfica. São sete as vitórias do técnico de 58 anos de águia ao peito, em dez jogos.

Parabéns JJ.

 

publicado por aguiavitoria às 23:34
tags:

29
Nov 12

 

A claque do SCP, Juventude Leonina, emitiu um comunicado a revelar que irá deixar de apoiar a equipa do Sporting por tempo indeterminado, devido à mediocridade exibida nos recentes jogos.

No comunicado garante-se que a claque não irá apoiar a equipa enquanto os jogadores não honrarem a camisola que envergam, pelo que o setor que ocupam nas bancadas do estádio de Alvalade ficará vazio, isto porque entende-se que os jogadores não merecem apoio enquanto não dignificarem o clube.

Agora a parte mais hilariante do comunicado, "A JUVE LEO RESSALVA, NO ENTANTO, QUE ESTE PROTESTO SERÁ INTERROMPIDO NA PARTIDA FRENTE AO BENFICA".

 

Rui Oliveira e Costa, membro do conselho leonino, não tem dúvidas de que uma vitória no clássico da próxima jornada com o Benfica pode ser fundamental para salvar a época leonina.

 

Cada vez tenho mais orgulho em ser Benfiquista, todas estas reações somente vêm demonstrar a enorme grandeza do S.L.Benfica.

publicado por aguiavitoria às 19:43
tags:

30
Nov 11

 

O S.L.Benfica venceu em casa o SportingC.P., por 1-0, em jogo da 11.ª jornada da Liga portuguesa de futebol.

O espanhol Javi Garcia marcou o único golo do dérbi lisboeta, aos 42 minutos, e deixou o S.L.Benfica, que soma por vitórias os seis jogos disputados no Estádio da Luz, no primeiro lugar do campeonato, com 27 pontos.

Mesmo jogando em superioridade numérica desde os 63 minutos, por expulsão do paraguaio Óscar Cardozo, o Sporting averbou a primeira derrota como visitante na prova e permanece no terceiro lugar, com 23 pontos

 

 

Ficha de jogo

 

Jogo no Estádio da Luz, em Lisboa.

 

Ao intervalo: 1-0.

 

Resultado final: 1-0.

 

Marcadores:

 

1-0, por Javi Garcia, 41 minutos.

 

S.L.Benfica: Artur Moraes, Maxi Pereira, Jardel, Ezequiel Garay, Emerson, Javi Garcia, Axel Witsel, Pablo Aimar (Rodrigo, 66), Nicolás Gaitán (Nolito, 86), Bruno César (Rúben Amorim, 68) e Óscar Cardozo. 
Suplentes: Eduardo, Rúben Amorim, Nolito, Matic, Saviola, Miguel Vítor e Rodrigo.

 

U.Leiria: Rui Patrício, João Pereira, Oguchi Onyewu, Anderson Polga, Insúa (Valeri Bojinov, 80), Elias, Daniel Carriço (André Santos, 66), Stijn Schaars, Matías Fernandez (Carrillo, 27), Van Wolfswinkel e Diego Capel.
Suplentes: Marcelo, Arias, André Santos, Diego Rubio, Carrillo, Valeri Bojinov e Evaldo.

 

Árbitro: João Capela (Lisboa).

 

Acção disciplinar:

Cartão amarelo para Elias (2), Daniel Carriço (20), Pablo Aimar (45), Van Wolfswinkel (48), Óscar Cardozo (48), Óscar Cardozo (62), Carrillo (79), André Santos (83) e Stijn Schaars (86).

Cartão vermelho para Óscar Cardozo (62).

 

 

 

Declarações:

 

Javi García: "Sabíamos que não ia ser fácil. O Sporting tem uma grande equipa e está a fazer uma grande temporada. O Benfica está preparado para qualquer situação. Fizemos o mais difícil que foi marcar o golo. Com a expulsão do Cardozo as coisas ficaram mais complicadas, mas conseguimos não sofrer. Trocámos bem a bola, somos a melhor equipa a fazer isso em Portugal. Temos muita ambição e estamos focados em ser campeões","Todos gostam de marcar. Ainda não tinha marcado este ano, acabou por ser contra o Sporting. Não se pode pedir mais, acho eu. Os últimos 25 minutos foram um sofrimento muito grande, mas os adeptos foram extraordinários. Hoje, mais do que nunca, precisávamos desse apoio","O objectivo é chegar ao fim em primeiro. Só pensamos no Benfica e no nosso trabalho. Queremos melhorar a cada dia e é isso que nos interessa".

 

 

Jorge Jesus: "Foi um jogo intenso, muito forte no aspecto táctico. O Sporting na primeira parte dificultou-nos as nossas ideias de jogo e nós as deles. Fizemos a diferença nas bolas paradas, com uma bola na barra e outra no golo do Javi Garcia. Fomos mais fortes nesse aspecto. Na segunda parte, quando pensava que o jogo ia ficar mais fácil, deu-se a expulsão do Cardozo. Não só por ficarmos a jogar com dez, mas também por algumas sequelas do jogo com o M. United, tive de tirar o Aimar e o Sporting obrigou-nos a jogar meia-hora junto à nossa área","Gostei, mas não é esta a forma do Benfica defender. O Benfica tem uma característica que é defender com poucos e hoje defendemos com muitos. Mas o que interessa é que não sofremos golos, por isso estamos satisfeitos","Ainda não falei com o Cardozo, mas acho que o árbitro foi extremamente rigoroso. Nos últimos jogos o Sporting tem jogado com um jogador a mais e hoje voltou a acontecer. Mas o Benfica está de parabéns. Depois do que fizeram na terça-feira, hoje tiveram todos de correr por mais um".

 

publicado por aguiavitoria às 11:43

23
Jun 11

 

O Sporting conquistou o seu décimo título de campeão nacional de futsal, ao derrotar o S.L.Benfica por 5-4, após prolongamento, no terceiro jogo da final, disputado no Pavilhão Paz e Amizade, em Loures, e fechando a série em 3-0 a seu favor.

 

 

 

Depois de derrotas nos dois primeiros jogos disputados no Pavilhão da Luz, o Benfica não tinha margem para mais erros e entrou bem melhor no jogo, chegando a ter uma vantagem de 3-0, com um golo de Joel Queirós e dois de César Paulo.

Já perto do final da primeira parte, marcada pelas expulsões do guardião benfiquista Bebé e do "leão" Divanei, o Sporting reduziu para 3-1, com golo de Marcelinho.

O brasileiro do Sporting reduziu para 3-2 logo no início da segunda parte e, pouco depois, Alex faz o 3-3 com o remate cruzado que bateu o guardião Vítor Hugo.

O empate subsistiu até ao final do tempo regulamentar e, no prolongamento, o Sporting colocou-se em vantagem por Leitão, aumentando para 5-3 por Pedro Cary. O Benfica ainda reduziu para 5-4, com um autogolo de João Matos, mas não foi o suficiente para impedir o Sporting de renovar o título conquistado na última temporada, também numa final contra o Benfica, melhor equipa durante a época regular.

 

 

Tenho de dar os parabéns ao SCP pelo título conquistado, independentemente de o S.L.Benfica ter sido a melhor equipa na fase regular.

publicado por aguiavitoria às 16:33

20
Set 10

Benfica vence Sporting (2-0)

 

 

Ficha de jogo:

Benfica - Sporting, 2-0.

 

Jogo no Estádio da Luz, em Lisboa.

 

Ao intervalo: 1-0.

 

Marcadores:

1-0, Cardozo, 13 minutos.

2-0, Cardozo, 50.

 

Equipas:

Benfica: Roberto, Maxi Pereira, Luisão, David Luiz, Fábio Coentrão, Javi Garcia, Carlos Martins (Franco Jara, 86), Pablo Aimar (Ruben Amorim, 46), César Peixoto, Saviola (Airton, 80) e Cardozo.
(Suplentes: Júlio César, Sidnei, Airton, Ruben Amorim, Franco Jara, Nico Gaitan e Alan Kardec).

 

Sporting: Rui Patrício, João Pereira, Daniel Carriço, Nuno André Coelho, Evaldo, André Santos (Saleiro, 73), Maniche, Matias Fernandez (Hélder Postiga, 59), Jaime Valdés, Yannick (Vukcevic, 59) e Liedson.
(Suplentes: Tiago, Torsiglieri, Abel, Zapater, Vukcevic, Saleiro e Hélder Postiga).

 

Árbitro: Carlos Xistra (Castelo Branco).

 

Acção disciplinar: cartão amarelo para Javi Garcia (08), Jaime Valdés (21), Maxi Pereira (33), Fábio Coentrão (44), Ruben Amorim (71), Hélder Postiga (90), Airton (90) e César Peixoto (90+3).

 

Assistência: 51 899 espetadores.

 

 

Jesus - Mantém confiança elevada na revalidação do título. Diz que "ainda há muito frango para virar", que "o campeonato ainda está em aberto" e, apesar de reconhecer as "dificuldades", atira: "Os rivais que estão lá em cima vão começar a olhar para trás, para nós, e vão tremer. Se nos derem tempo, vamos ser muito fortes na segunda volta."

 

Luisão - Afirmou que foi uma vitória do Cardozo.

 

Maxi Pereira - Para o uruguaio a exibição frente ao Sporting "foi uma das melhores do Benfica esta temporada". "Merecemos a vitória", declarou.

 

Cardozo - Foi o homem do jogo, ao marcar os dois golos da partida, mas não foi só por isso que merece o destaque. Pressionou bastante os centrais do Sporting, obrigou-os a jogar mal, ganhou lances e batalhou bastante. Apesar dos dois golos marcados, ainda desperdiçou 3 claras ocasiões para marcar.

 

publicado por aguiavitoria às 18:40

29
Set 08

 

 

O Benfica acabou este Sabado com um "jejum" de quatro anos de vitórias sobre o Sporting em jogos disputados no Estádio da Luz.

 

 

FICHA DO JOGO

 

Local: Estádio da Luz, em Lisboa

 

Árbitro: Duarte Gomes (Lisboa)

BENFICA: Quim, Maxi Pereira, Miguel Vítor, Sidnei, Jorge Ribeiro, Ruben Amorim (Katsouranis, 46m), Yebda, Carlos Martins, Reyes (Di María, 75m), Nuno Gomes (Pablo Aimar, 60m) e Cardozo. Treinador: Quique Flores.

SPORTING: Rui Patrício, Abel (Liedson, 73m), Tonel, Polga, Grimi, Rochemback, Miguel Veloso, Romagnoli (Pereirinha, 73m), Moutinho, Postiga (Derlei, 68m) e Yannick Djaló. Treinador: Paulo Bento.

Marcador: 1-0, Reyes (67m); 2-0, Sidnei (72m)

 

Acção disciplinar: Cartões amarelos – Pereirinha (74m), Yebda (86m), Grimi (87m) e João Moutinho (90m)

 

Ao intervalo, o Benfica-Sporting estava empatado a zero. No início da segunda parte, Ruben Amorim saiu para dar lugar a Katsouranis, mas o onze leonino continuou igual. Nuno Gomes saiu aos 59 minutos para que Pablo Aimar pudesse entrar.

Reyes "levantou" o Estádio da Luz ao inaugurar o marcador do dérbi aos 67 minutos, de pé esquerdo.

 

Logo depois do tento de Reyes, Paulo Bento fez a primeira substituição, fazendo sair Postiga para entrar Derlei.

Ainda o Sporting não tinha respirado após o golo de Reyes, quando Sidnei fez o 2-0.

Pereirinha e Liedson, que já estavam a aquecer, entraram em campo depois dos dois golos, em substituição de Romagnoli e Abel.

Aos 74 minutos, Quique Flores fez sair Reyes para entrar Dí Maria. Carlos Martins lesionou-se, saiu de campo para receber assistência médica, mas acabou por abandonar o jogo aos 86 minutos, sendo transportado de maca.

 

publicado por aguiavitoria às 23:02

Os Mandamentos de Jesus - www.wook.pt
Contador
Web Site Hit Counters
stats counter
Globo localizador
Contagem Universal
free counters
mais sobre mim
blogs SAPO