14
Dez 12

 

Liga Zon-Sagres - 11ª jornada 
Estádio José Alvalade 

Árbitro: Marco Ferreira

Sporting (Titulares): Rui Patrício, Insúa, Rojo, Boulahrouz, Dier, Elias (Xandão 83m), Rinaudo, Pranjic, Capel (Izmailov 87m), Van Wolfswinkel e Carrillo (Viola 69m).


Sporting (Suplentes): Marcelo Boeck, Xandão, Cédric, Labyad, G.Fernandes, Izmailov e Viola.

 

S.L.Benfica (Titulares): Artur Moraes, Maxi Pereira, Jardel, Garay, Melgarejo, Matic, André Gomes, Salvio (André Almeida 87m), Ola John (Gaitán 81m), Lima e Cardozo (Rodrigo 90m).

 

S.L.Benfica (Suplentes): Paulo Lopes, Sidnei, Bruno César, Nolito, Gaitán, André Almeida e Rodrigo.

Cartões Amarelos: 3 (Sporting) Carrillo 69m, Rinaudo 7

m e Rojo 88m.

                               2 (S.L.Benfica) Maxi Pereira 20m e Matic 45m.


Resultado final: 1-3.   1-0 por Van Wolfswinkel 31m, 1-1 por Óscar Cardozo 57m, 1-2 por Óscar Cardozo 81m e 1-3 por Óscar Cardozo 86m.

 

 

 

O S.L.Benfica derrotou o Sporting, por 3-1, saindo de Alvalade na liderança da Liga.

O Sporting até chegou ao intervalo a vencer, com um golo de Van Wolfswinkel, mas na segunda parte o glorioso superiorizou-se em todos os capítulos ao Sporting.

Nos primeiros 45 minutos, o Sporting jogou bastante bem, mas o jogo só "durou" mesmo 45 minutos para os leões, que não deram continuidade ao bom trabalho no primeiro tempo, que teve no bom golo de Van Wolfswinkel, um pouco a meias com Garay (30'), o ponto alto.

 

 

Ao minuto 58, após cruzamento de Ola John, Marcos Rojo desviou a bola para a própria baliza, depois de um primeiro toque e pressão de Óscar Cardozo.

Nesta altura o dominio do S.L.Benfica era avassalador.

 

 

A partir daqui, só deu Benfica perante um adversário que estava de rastos e onde Vercauteren tardou em mexer.

Foi no minuto 80 que tudo ficou sentenciado: penálti para o Benfica, expulsão para Boulahrouz e reviravolta encarnada,  Boulahrouz fez de guarda-redes, ao tirar um golo a Salvio com a mão, e acabou expulso.

 

 

Na conversão do castigo máximo, Óscar Cardozo fez o quinto golo de penálti esta época.

 

 

O minuto 86 trouxe, simplesmente, a "machadada" final no marcador, com um cabeceamento fulminante de Cardozo, sob o olhar de uma defesa leonina que só parecia esperar pelo final do jogo. Foi o nono golo de Cardozo diante dos leões, o segundo melhor marcador em dérbis desde a segunda metade dos anos 80, apenas superado por Liedson (11).

Vitória justissima da melhor equipa no relvado.

 

 

Jorge Jesus entra para a história dos clássicos, ao tornar-se no treinador português que mais vezes venceu o Sporting pelo Benfica. São sete as vitórias do técnico de 58 anos de águia ao peito, em dez jogos.

Parabéns JJ.

 

publicado por aguiavitoria às 23:34
tags:

Os Mandamentos de Jesus - www.wook.pt
Contador
Web Site Hit Counters
stats counter
Globo localizador
Contagem Universal
free counters
mais sobre mim
blogs SAPO