06
Dez 11

 

O S.L.Benfica foi eliminado da Taça de Portugal depois de perder por 2-1 no Estádio dos Barreiros, diante do Marítimo.
O glorioso esteve em vantagem no jogo graças a um golo apontado por Saviola, de grande penalidade, aos 27 minutos de jogo.

Um lance algo dúvidoso acerca da existência ou não de falta sobre Nolito num lance disputado entre o espanhol, João Guilherme e Briguel.
Os primeiros 45 minutos foram marcados por uma supremacia encarnada a todos os níveis.

 

 

Na segunda parte a história do jogo fez-se com um Marítimo transfigurado.

Se bem que a primeira oportunidade de golo do jogo, depois do descanso, foi das águias, com Rodrigo a atirar ao lado quando parecia que ia fazer o 2- 0.
Quem não falhou aos 60 minutos foi Roberto Sousa com um grande golo, num tiro do meio-campo que apanhou Eduardo adiantado.
O 2-1 apareceu 10 minutos depois com Sami a fazer um chapéu ao guardião português. Um golo que surgiu logo no minuto anterior à entrada de Aimar em campo para o lugar de Saviola. Jesus tentava pôr ordem na equipa do Benfica, fundamentalmente na espinha do meio do terreno, mas a substituição veio tarde.

A entrada de Aimar sentiu-se na equipa encarnada, mas o maestro argentino não conseguiu evitar a primeira derrota da época do S.L.Benfica. O argentino ainda teve duas ocasiões para empatar, no seguimento de um pontapé de canto em que atira ao lado e num remate em que Ricardo segura a bola.
Mas o marcador final não passaria dos 2-1.

Mais um ano em que o Jamor ficou por um canudo e Jorge Jesus perde novamente o sonho de poder conquistar a Taça para dedicar ao pai.

 

 

Ficha de jogo

 

Jogo no Estádio dos Barreiros, no Funchal.

 

Ao intervalo: 0-1.

 

Resultado final: 2-1.

 

Marcadores:

 

0-1, por Saviola, 27 minutos (penalty).

1-1, por Roberto Souza, 60 minutos.

2-1, por Sami, 70 minutos.

 

Marítimo: Ricardo Ferreira, Briguel, João Guilherme, Roberge, Luís Olim, Rafael Miranda, Roberto Souza, Olberdam (Benachour, 84), Danilo Dias (Heldon, 70), Baba e Sami (Igor, 88). 
Suplentes: Peçanha, Benachour, Tchô, Gonçalo Abreu, Heldon, Fidelis e Igor.

 

S.L.Benfica: Eduardo, Rúben Amorim (Maxi Pereira, 85), Jardel, Ezequiel Garay, Emerson, Matic (Nélson Oliveira, 75), Axel Witsel, Nicolás Gaitán, Saviola (Pablo Aimar, 70), Nolito e Rodrigo.
Suplentes: Mika, Miguel Vítor, Maxi Pereira, Javi García, Bruno César, Pablo Aimar e Nélson Oliveira.

 

Árbitro: Paulo Baptista.

 

Acção disciplinar:

Cartão amarelo para Briguel (26), Danilo Dias (28), Nicolás Gaitán (39), João Guilherme (79) e Rafael Miranda (90).

 

 

Mais um ano em que a Taça de Portugal nos passa ao lado..................

Espero sinceramente que para o proximo ano a Taça de Portugal seja encarada como um dos objectivos principais para o nosso Benfica, pois uma instituição como a nossa não pode estar tantos anos sem ganhar esta competição.

publicado por aguiavitoria às 18:16

Os Mandamentos de Jesus - www.wook.pt
Contador
Web Site Hit Counters
stats counter
Globo localizador
Contagem Universal
free counters
mais sobre mim
blogs SAPO