07
Set 11

 

Marcos Chuva, vice-campeão europeu de sub-23 e estreante em Mundiais, ficou em 10.º lugar na final do salto em comprimento, acusando o desgaste provocado pela qualificação no dia anterior.

O atleta benfiquista tinha chegado à final com o sexto registo entre os participantes, com 8,10 metros, contudo na final não conseguiu ir além de 8,05, no seu primeiro ensaio, depois fez um salto nulo e uma derradeira tentativa a 7,99.

No final referiu que "um dia não resume uma época. Foi difícil vir ao Mundial e conseguir apurar-me para a final, pelo que só posso ficar feliz, não tenho motivos para ficar desiludido".

De salientar que Marcos Chuva chegou a estes campeonatos com a sexta melhor marca do ano (8,34).

 

 

A este enorme atleta benfiquista auguro um futuro muito risonho.

publicado por aguiavitoria às 00:33

Os Mandamentos de Jesus - www.wook.pt
Contador
Web Site Hit Counters
stats counter
Globo localizador
Contagem Universal
free counters
mais sobre mim
blogs SAPO