29
Jun 11

 

Dia de festa do Benfica...

O S.L.Benfica roubou finalmente o título ao Sporting, no sector masculino, numa situação que se poderia esperar como possível, mas apenas correndo tudo maioritariamente bem para os encarnados.

 

 

Jorge Paula, à vitória nos 400 metros planos,  acrescentou a vitória nos 400 metros barreiras, a sua especialidade, com mínimos ‘B’.

 

 

A vitória de Marco Fortes  foi também muito importante. Depois de ter brilhado no concurso de lançamento do peso, Fortes lançou no lançamento do disco 54.88 metros, uma marca que não sendo de enorme valia, foi suficiente para derrotar o seu companheiro de treino, mas adversário na pista, Jorge Grave (Sporting).

 

 

 

Talvez a prova mais emotiva destes campeonatos, os 110 metros barreiras tiveram lado a lado João Almeida (Sporting) e Rasul Dabó (Benfica), amigos e em alguns momentos companheiros de treino, que se bateram pela vitória até ao último centímetro. Dabó acabaria por encontrar nos metros finais o melhor momento para se esticar, numa vitória que foi conseguida lado a lado, peito a peito. Obtiveram-se, assim, duas excelentes marcas para ambos os atletas, com Rasul Dabó a obter 13,92 segundos e João Almeida a obter 13,93 segundos. Valeu pelo abraço final entre os dois, uma das muitas atitudes de fair-play destes campeonatos...

 

 

 

A progredir de novo no salto em altura, Paulo Gonçalvel foi um dos dois atletas que atacou directamente o recorde de Portugal, mas sem efeito. Num concurso de boa valia, o benfiquista aproveitou a ausência de Roman Gulyi (Sporting), para ter uma vitória tranquila.

 

 

 

Nos 200 metros, a vitória pareceu fácil a Francis Obikwelu (Sporting), que voltou a descansar nos últimos metros, perante Yazaldes Nascimento que baixou dos 21 segundos.

 

 

 

Já Nelson Évora, outra das estrelas presentes em Lisboa, triunfou no triplo salto, agora de forma mais convincente, mas ainda assim sem estar muito seguro. Terminaria com 16.48 metros, sem mínimo para o Mundial de Ar Livre mas muito distante de Ricardo Jaquité (Sporting) que não foi além de 15.26 metros. "Estou a fazer muitos saltos falhados e nulos. Tenho de melhorar!", disse o campeão olímpico no final, que considerou ainda não ter conseguido trabalhar da melhor forma a força e a velocidade.

 

 

 

A chave da vitória do Benfica construiu-se ao longo deste campeonato, mas a estafeta de 4x400 metros trouxeram uma energia no Estádio Universitário de Lisboa, lembrando outros desportos e outros tempos do atletismo.

No primeiro percurso João Ferreira colocaria o Sporting destacado na frente, mas no segundo percurso Yazaldes Nascimento recuperou toda a desvantagem e ambos os clubes entregaram o testemunho praticamente ao mesmo tempo, com ligeira vantagem para o S.L.Benfica. Aí seria o jovem Bruno Fernandes a ter a responsabilidade de dar o melhor perante um adversário potencialmente mais forte, Carlos Pinheiro (Sporting), que acabaria por vacilar nos metros finais. No último percurso Jorge Paula ainda sofreu, perante António Rodrigues (Sporting), mas na recta final os fortes apoios foram mais favoráveis ao benfiquista, que só aí garantiu a vitória colectiva do S.L.Benfica, que não ocorreria caso o Sporting vencesse...

 

 

 

Para a responsável pelo projecto do atletismo no Benfica, Ana Oliveira, directora-técnica, esta vitória muda muita coisa, nomeadamente o mais rápido incremento no reforço da equipa para a próxima temporada, também com vista à participação na Taça dos Clubes Campeões Europeus. Aproveitaria para agradecer ao presidente Luís Filipe Vieira, que segundo a mesma "sempre acreditou em nós..."

 

RESULTADOS (I Divisão)
Masculinos:


200m – Francis Obikwelu (Sporting) – 20,82
800 m – António Rodrigues (Sporting) – 1.49,52
3000 m Obst. – Mário Teixeira (Sporting) – 9.01,87
3000 m – Rui Silva (Sporting) – 8.03,11
110 m Barr. – Rasul Dabó (S.L.Benfica) – 13,92
400 m Barr. – Jorge Paula (S.L.Benfica) – 49,78
Altura – Paulo Gonçalves (S.L.Benfica) – 2.16
Triplo – Nelson Évora (S.L.Benfica) - 16.48
Martelo – Dário Manso (Sporting) – 68.59
Disco – Marco Fortes (S.L.Benfica) – 54.88
4x400 – S.L.Benfica – 3.13,74

publicado por aguiavitoria às 14:42

Os Mandamentos de Jesus - www.wook.pt
Contador
Web Site Hit Counters
stats counter
Globo localizador
Contagem Universal
free counters
mais sobre mim
blogs SAPO