26
Abr 11

 

O Benfica venceu o Paços de Ferreira (2-1), e revalidou o título da Taça da Liga, que os "encarnados" conquistaram pela terceira vez consecutiva.

A equipa de Jorge Jesus vinha de uma desmoralizadora derrota com o FC Porto, que a afastou da final da Taça de Portugal, esperando-se que os jogadores pudessem entrar em cena evidenciando alguma intranquilidade de parte a parte.

Nada mais errado. Os "encarnados" dominaram por completo a 1ª Parte, iniciando a todo o gás o encontro de um Estádio Cidade de Coimbra a registar "casa-cheia".

 

 

Saviola, logo nos minutos iniciais, testou a resistência do poste da baliza de Cássio. Quase como se de um aviso se tratasse, a perseverança defensiva dos pacenses duraria apenas 17'.

Nesse minuto, Coentrão rompeu o lado direito da defesa contrária, levantou a cabeça e vislumbrou Jara. O cruzamento seguiu-se, assim como o cabeceamento certeiro do argentino para o fundo da baliza de Cássio.

Aos 31', as tímidas tentativas dos "castores" estiveram perto de surtir efeitos: grande penalidade a castigar falta de Maxi Pereira sobre Rondón e, na conversão, o falhanço da noite, com Manuel José a permitir a Moreira (novidade da final) a defesa mais importante da noite.

Aos 42', e na sequência de um livre, Luisão serviu de intermediário, assistindo Javi García para o 2-0.

Aos 50', Luisão e o guarda-redes revelaram uma caricata falha de comunicação, com o "capitão" a fazer auto-golo e a fazer ressurgir a esperança "amarela".

O Benfica passou de dominador a dominado num estalar de dedos - insegurança com o golo sofrido? - e o Paços acreditou, até ao fim, que seria possível forçar, pelo menos, a "lotaria" de grandes penalidades.

 

 

Perante a intranquilidade que se fazia sentir na defesa, Jesus recuou nas intenções ofensivas, tirou Saviola e colocou Airton em campo, reforçando o «11» com um maior apoio defensivo.

Foi o suficiente para "estancar" a corrente ofensiva do Paços e garantir a vitória.

 

 

Ficha de jogo

 

Jogo no Estádio Cidade de Coimbra, em Coimbra.

 

Ao intervalo: 2-0.

 

Resultado final: 2-1.

 

Marcadores:

 

1-0, por Franco Jara, 17 minutos.

2-0, por Javi García, 43 minutos.

2-1, por Luisão (autogolo), 51 minutos.

 

S.L.Benfica: Moreira, Maxi Pereira, Jardel, Luisão, Fábio Coentrão, Javi García, Carlos Martins (César Peixoto, 61), Pablo Aimar (Felipe Menezes, 90), Franco Jara, Saviola (Airton, 68) e Óscar Cardozo. 
Suplentes: Roberto, Alan Kardec, Weldon, Felipe Menezes, César Peixoto, Airton e Sidnei.

 

Paços de Ferreira: Cássio, Wanderson Baiano, Ozéia, Javier Cohene, Maykon, Leonel Olimpio, André Leão (Filipe Anunciação, 79), Manuel José (Caetano, 71), David Simão (Nelson Oliveira, 75), Pizzi e Mario Rondon.
Suplentes: António Filipe, Bura, Nélson Oliveira, Amond, Caetano, Nuno Santos e Filipe Anunciação.

 

Árbitro: Pedro Proença (Lisboa).

 

Acção disciplinar:

Cartão amarelo para Maykon (26), Maxi Pereira (30), Leonel Olimpio (33) e Luisão (49).

 

 

Declarações:

 

Moreira: “Este título é mais um e espero que assim continue. Viemos de uma fase menos boa, mas recuperámos e merecemos levantar esta taça”, “É importante, mas a conquista da Taça da Liga pela terceira vez é mais importante. Penso que a equipa esteve bem e eu limitei-me a fazer o meu trabalho”,“São coisas que acontecem dentro de campo, são muito rápidas. O Manuel José já tinha sido orientado pelo Jorge Jesus e este deu-me as suas indicações, tal como alguns colegas. Isto é mérito de um trabalho diário e a equipa está de parabéns.”

 

 

Roberto: “Na quinta-feira temos um jogo importante e o jogo de hoje vai servir para entrarmos confiantes frente ao Sp. Braga”, “A confiança vai até ao fim e temos de continuar com força, pois ainda temos muitas coisas importantes a fazer”, “Todos trabalhamos e tentamos fazer o melhor possível, e é isso que vou continuar a fazer.”

 

 

Luisão: “Não menosprezámos o adversário e ficamos felizes por termos saído vencedores desta partida”,  “Tivemos um jogo muito exigente há três dias e sabíamos que o Paços ia apostar tudo, mas o importante é que tivemos a humildade suficiente para manter a concentração até ao final”,“Era importante vencer hoje antes do encontro da próxima quinta-feira.”

 

 

Maxi Pereira:  “Julgo que a equipa não esperava facilidades e é natural que o Paços atacasse para a nossa baliza na segunda parte. Na primeira metade fizemos um grande jogo, tivemos muitas oportunidades de golo, mas o mais importante foi ter ganho por 2-1”,  “O mais importante é estarmos bem mentalmente. Agora segue-se esse jogo da meia-final da Liga Europa e queremos vencer porque é um objectivo nosso chegar à final”, “Sabemos que vai ser difícil, porque eles também querem chegar à final. Temos de estar atentos, porque a Liga Europa é o próximo objectivo e queremos ganhá-la”,"Hoje ganhámos um jogo e conquistámos mais uma taça e acredito que no futuro vamos conseguir mais coisas bonitas para o Benfica.”

 

 

Jorge Jesus: “Foi um Benfica que, enquanto teve capacidade física, desenvolveu um futebol dentro da linha daquilo que pretendemos. O Paços de Ferreira foi um adversário difícil e que, mesmo a perder 2-0, acreditou sempre. Nós tínhamos a certeza que a última meia hora de jogo iria ser complicada por causa da partida que tivemos na 4.ª feira. Felizmente acabámos por vencer a taça e isso é muito importante”,  “O Sp. Braga é o próximo adversário de uma competição que também pretendemos vencer. A partir de agora vou começar a preocupar-me com a Liga Europa e em recuperar física e mentalmente a minha equipa”,“Esta conquista foi possível porque o Clube tem uma dimensão enorme, com adeptos que fizeram questão de esgotar o estádio e que nos deram muita força. Como tal, quero agradecer-lhes e dizer que a taça também é deles.”

 

 

 

Depois do Sporting, em 2008/09, e do FC Porto, em 2009/10, seguiu-se o Paços de Ferreira, na presente época, a ser a "vítima" de uma "águia" dominante na Taça da Liga.

publicado por aguiavitoria às 12:06

Viva o benfica!
portas blindadas preços a 29 de Abril de 2011 às 21:44

Os Mandamentos de Jesus - www.wook.pt
Contador
Web Site Hit Counters
stats counter
Globo localizador
Contagem Universal
free counters
mais sobre mim
blogs SAPO