11
Abr 11

 

O Sport Lisboa e Benfica apresentou a nova águia Vitória. Este novo projecto tem a Apametal como principal patrocinador, sendo que a nova águia será treinada pela Volataria. O director da marca Benfica, Henrique Conceição, explicou alguns parâmetros do projecto.

“A águia Vitória vai fazer tudo o que fazia, mas de facto, este projecto tem uma abrangência diferente. É um projecto que vai procurar trabalhar numa componente muito pedagógica. Vamos desenvolver uma iniciativa diferente”, revelou Henrique Conceição, que ainda deu um exemplo: “Vamos escolher um dia da semana, para que, além da visita que os sócios e adeptos fazem ao Estádio, possam também ver o sitio onde a Vitória vive, possam estar com os treinadores e, porque não, até verem um treino da Vitória.”

Em relação ao simbolismo da águia Vitória, Henrique Conceição não tem dúvidas: “Temos consciência da importância da águia, porque é o símbolo vivo do Clube. Queremos voltar a ter a águia a voar no Estádio da Luz brevemente e temos a expectativa que aconteça no início da próxima época desportiva. Agora esperamos que este processo de ambientação decorra favoravelmente.”

 

 
O administrador da Apametal, Adriano Lourenço, também marcou presença na apresentação da águia Vitória: “Não fazia sentido não querermos manter esta parceria que já vinha desde o início. Não o fazemos por motivos especiais, mas sim, por um sentimento benfiquista que a nossa empresa tem. A águia já faz parte do Clube e era completamente impossível os sócios não terem o nosso símbolo, que nos faz vibrar no início de cada jogo e em varias acções que este novo projecto terá.”

A ligação com o Clube da Luz é uma parceria de sucesso: “A marca Benfica é uma grande marca e quem está associado a ela sente-se bem, porque os patrocinadores são todos bem tratados nesta casa, e não há razão nenhuma para que os projectos não se desenvolvam.”

O tratador da Vitória e sócio-gerente da Volataria, António Carapuço, explicou como vai decorrer o processo de habituação que se inicia esta semana: “É um processo evolutivo. Temos uma equipa de sete pessoas dedicadas inteiramente à Vitória e à segunda águia que virá integrar este projecto. Hoje foi a primeira vez que a Vitória entrou no Estádio da Luz e está num processo de habituação. Nós servimos de protecção e introdução a estes novos ambientes, para que ela saiba que este será o seu novo território. É muito importante que se sinta confortável.”

 

 

As águias irão ser “praceadas”, o que significa que vão entrar em processo de habituação ao novo espaço onde vivem, o Estádio da Luz e aos seus novos treinadores para, no início da próxima época desportiva, estarem preparadas para realizar o voo no Estádio.

publicado por aguiavitoria às 23:31

Os Mandamentos de Jesus - www.wook.pt
Contador
Web Site Hit Counters
stats counter
Globo localizador
Contagem Universal
free counters
mais sobre mim
blogs SAPO