19
Mar 11

 

O Benfica qualificou-se para os quartos-de-final da Liga Europa, ao empatar a uma bola em Paris, frente ao PSG. O resultado chegou para a passagem à próxima fase, depois do 2-1 no Estádio da Luz.

A equipa de Jorge Jesus até esteve em vantagem no marcador, depois de Nico Gaitán ter marcado aos 27 minutos, beneficiando de um erro do guarda-redes Edel. O PSG empatou por Bodmer aos 35, mas não foi além disso.

Na segunda parte o Benfica conseguiu subir de produção e a baliza de Roberto não voltou a sofrer qualquer golo.

 

 

Ficha de jogo

 

Jogo no Parque dos Principes, em Paris.

 

Ao intervalo: 1-1.

 

Resultado final: 1-1.

 

Marcadores:

 

0-1, por Nicolás Gaitán, 27 minutos.

1-1, por Bodmer, 35 minutos.

 

Equipas:

 

PSG: Édel, Tiene, Mamadou Sakho, Sylvain Armand, Ceará (Maurice, 78), Clément Chantome, Claude Makelele, Nenê, Bodmer (Ludovic Giuly, 68), Jallet e Mevlut Erdinc (Hoarau, 68).

(Suplentes: Grégory Coupet, Makonda, Clément, Maurice, Ludovic Giuly, Hoarau e Sammy Traoré).

 

S.L.Benfica: Roberto, Maxi Pereira, Luisão, Sidnei, Fábio Coentrão, Javi García, Salvio, Pablo Aimar (César Peixoto, 80), Nicolás Gaitán (Jardel, 90), Saviola (Carlos Martins, 64) e Óscar Cardozo.

(Suplentes: Júlio César, Alan Kardec, César Peixoto, Jardel, Airton, Franco Jara e Carlos Martins).

 

Árbitro: William Collum (Escócia).

 

Acção disciplinar: Cartão amarelo para Pablo Aimar (29), Clément Chantome (72), Maxi Pereira (78) e Sylvain Armand (82).

 

Reacções:

 

 

Luisão: “Vamos saborear primeiro esta passagem na eliminatória. Queremos melhorar sempre e agora é trabalhar para que sejamos felizes nas restantes eliminatórias da prova”.

 

 

Carlos Martins: “Sabíamos que o jogo ia ser difícil, mas também tínhamos noção que íamos ter uma massa adepta em grande número para nos apoiar. A passagem é merecida”,  “Não tenho preferência. Qualquer que seja o adversário é para eliminar”.

 

 

Jorge Jesus: "Foi um jogo difícil, porque o Paris Saint-Germain é uma boa equipa. Tem jogadores criativos nas laterais e sabíamos que era importante marcar primeiro, porque ficávamos em vantagem em termos mentais e tacticamente. Na segunda parte, os franceses expuseram-se mais ao nosso contra-ataque e podíamos ter marcado mais golos. Ao fim e ao cabo controlámos a eliminatória", "Dá-nos uma força muito grande. Ninguém movimenta, em Portugal ou no estrangeiro, tantos adeptos como o Benfica e isso deu-nos mais alento".

 

 

De destacar a forte presença humana benfiquista no estádio............................vindo comprovar mais uma vez que o S.L.Benfica é o maior clube do Mundo................

publicado por aguiavitoria às 18:55

Somos mesmo os maiores
Luisa a 26 de Março de 2011 às 12:29

Os Mandamentos de Jesus - www.wook.pt
Contador
Web Site Hit Counters
stats counter
Globo localizador
Contagem Universal
free counters
mais sobre mim
blogs SAPO